Spiga

Dicas para controlar alergia respiratória

Nariz escorrendo e olhos irritados por dentro e por fora. Esses são os sintomas mais comuns da alergia de primavera-verão, que deve seguir até março do próximo ano. Inversão térmica e polinização das árvores são os principais fatores desencadeadores da crise alérgica, que costuma ser mais agressiva entre outubro e dezembro.

 

De acordo com o Dr. João Geraldo Simões Houly, chefe da Clínica Médica do Hospital Santa Paula (SP), além da alternância entre dias com baixíssima umidade do ar e chuvosos, é importante prestar atenção aos sintomas. "As alergias respiratórias são bastante comuns, mas muito incômodas. Pessoas com reações alérgicas mais intensas se sentem tão incomodadas que acabam comprometendo suas tarefas diárias, sejam estudantis ou profissionais. O nariz escorre constantemente e coça. Os olhos ficam irritados e lacrimejam", descreve os sintomas.

 

Sinusite

 

Houly faz um alerta: "É importante prestar atenção nas reações do organismo para descartar outras doenças respiratórias. Resfriados que se prolongam por mais de uma semana, presença de secreções esverdeadas, tosse persistente e reclamações constantes de dor de cabeça podem levar ao diagnóstico e sinusite".

 

Outro sintoma da sinusite é que ela costuma prejudicar a respiração noturna, levando a pessoa a dormir de boca aberta, desenceadando dor de garganta.

 

O especialista aponta sete importantes dicas para controlar as crises alérgicas:

 

1) Nos dias mais quentes, lave cobertores e edredons, guardando em seguida no armário o que não for utilizar durante o período;

 

2) Aproveite o calor também para limpar, enrolar e guardar todos os tapetes da casa, já que são fonte permanente de poeira e ácaros;

 

3) Em ambientes acarpetados é necessário passar o aspirador de pó com freqüência, mantendo uma rotina de limpeza diária da casa para evitar o acúmulo de pó;

 

4) Evite manter o lixo – ainda que em pequena quantidade – dentro de casa;

 

5) Quando o ar estiver 'seco', utilize um umidificador de ambientes ou substitua o aparelho por bacias com água em todos os dormitórios durante a noite. Isso melhora a respiração e garante um sono mais tranqüilo;

 

6) Nunca coloque plantas naturais nos quartos;

 

7) Utilize máscara e luvas de borracha durante a limpeza pesada. O contato com as substâncias químicas dos produtos de limpeza podem agravar a alergia.

 

Fonte: Yahoo

1 comentários:

  Vinicius B Zimmer

7 de janeiro de 2009 09:50

Olá pessoal do Informe Saúde, eu gostaria de sugerir uma matéria para vocês, bom eu não encontrei nenhum contato no site por isso resolvi entrar em contato via comentário e gostaria que vocês enviassem para meu email: vinicius.zimmer@midiadigital.com.br um contato para que a gente possa conversar.

Bom eu fico no aguardo da resposta de vocês e parabéns pelo seu blog.

Abraços e até mais!